Qualquer cidadão brasileiro conhecedor de causa, isto é, qualquer pessoa pode ser um PERITO JUDICIAL, desde que tenha conhecimento no objeto da perícia.

 

A lei concede preferência para os diplomados (graduados, pós-graduados, especialistas, mestres, doutores, pós doutorados), isto é, se no cadastro de Peritos houver um profissional formado e diplomado na área do processo e, um profissional conhecedor de causa sem diploma, entende-se que o JUIZ deverá escolher o de maior nível formacional.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Os Peritos mais comumente nomeados são Contadores, Engenheiros, Arquitetos, Analistas, Artistas.

 

  • O Contador geralmente realiza os cálculos de valores das sentenças que muitas vezes são bem complexas;

 

  • O Engenheiro Civil é nomeado para analisar uma discussão sobre imóveis, danos estruturais, precificação, análise de responsabilidades, etc;

 

  • O Engenheiro Eletricista é nomeado para analisar danos elétricos de grande porte em imóveis, indústrias, fraude nos sistemas de energias, etc;

 

  • O Engenheiro Mecânico é nomeado para analisar uma discussão em estruturas metálicas, danos em veículos automotores, etc;

 

  • O Arquiteto é nomeado para analisar o projeto arquitetônico, erros de designer;

 

  • O Analista de Sistemas ou de Computação é nomeado para identificar fraudes eletrônicas, softwares piratas, cópias indevidas, buscas e apreensão de computadores, etc;

 

  • O Artista Plástico é nomeado para identificar discrepâncias no designer de peças, partes, quadros e demais obras de artes;

 

  • O Artista Visual é nomeado para analisar discussão em imagens e vídeos.

gallery/business-team-meeting-boardroom_925x

Quem pode ser um Perito Judicial?

gallery/cadastre-se

Foto de Matthew Henry do Burst

gallery/b3bbeb30c829e24ccbc7eb6a5cb9c645

Por: Agenor Zapparoli - Publicado: 22/03/2018 17:18

Pode ser um Perito Judicial